Hashtag

quarta-feira, 1 de abril de 2015

hashtags

- E o hashtag?

- Que hashtag?

- O hashtag, ora! A gente vai fazer uma peça publicitária sem hashtag? No mundo de hoje? Hashtag-não-acredito!

- Besteira, não vejo em que isso vai mudar o alcance ou eficácia de nossa peça. Já está ótima deste jeito!

- Na-na-ni-na-na-não, meu caro! Não. Existe. Isso. De. Publicidade. Sem. Hashtag. Hashtag-pronto-falei. O que nosso cliente vai dizer? Temos que estar antenados com a modernidade, as trends mais recentes, temos que inovar, ter contato com o público jovem! Vamos começar a pensar já num hashtag maneiro.

- Bobagem. E você está me chamando de velho só porque tenho mais de 40? Aliás, deixa eu lhe dizer uma coisa: eu odeio hashtag!

- Pode odiar, mas não é por isso que nossa peça vai ficar sem uma.

- Uma ou um? Quem lhe disse que hashtag é feminino?

- Óbvio que é feminino. Aliás, deve ter algum estudo mostrando que as mulheres são as que mais gostam de hashtag. Só assim para elas conseguirem economizar nas palavras! Hahahaha!

- Pudera, com umas hashtags bizarras que mais parecem palavras alemãs… #pronta_para_mais_um_dia_de_conquistas #arrasando_na_night_com_o_salto_alto

- Que é isso, deixe de ser preconceituoso! E não mude de assunto. Vamos logo escolher uma boa hashtag. Rapidinho que nosso prazo está acabando!!!

- Pfffff. Tá bom… Que tal #geracao_cocacola?

- Endoidou? Nosso cliente é concorrente da Coca!

- Eu tava brincando. Saco. Vamos lá: #livre_para_voar

- Não… Muito genérico e não tem nada a ver com nosso tema…

- #juventude_total

- Horrível

- #beleza_pura 

- Muito velho. Parece música dos Novos Baianos.

- #conquiste_o_mundo #vem_prá_cá #tamo_junto

- Não. Não. Não.

- #compartilhe

- Idiota! Como é que as pessoas vão compartilhar um outdoor???

- É mesmo, não dá… Caramba, tá difícil. Hashtag cansei.

- O pior é que nosso prazo tá em cima… O chefe vai fazer picadinho da gente… Vou fazer emoticon de choro.

- Já sei! Se temos mesmo que colocar um hashtag, tenho a solução!

- Qual?

- #hashtag

- Tá louco! O que nosso cliente vai dizer? O chefe vai nos matar!!!

- Que nada, quando perceberem, já vai estar tudo pronto. Daí, colocamos a culpa no estagiário.

- Gênio!

- Hastagh partiu. Eu pago o café.

Beto Boullosa

 
Compartilhar: Estes são os ícones de sites de compartilhamento de notícias onde os leitores podem partilhar e descobrir novas páginas.
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Digg
  • Meneame
  • TwitThis
  • Facebook

Vote nesse texto:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Camisa pesa. E muito

domingo, 6 de julho de 2014

 O peso da tradição no Mundial: das 12 doze copas desde 1970, em somente cinco delas houve entre os quatro primeiros colocados algum outsider que nunca havia estado neste seleto grupo: 1974 - Holanda e Polônia; 1986 - Bégica; 1994 - Bulgária; 1998 - Croácia; 2002 - Turquia e Coréia do Sul. Ou seja, das 48 vagas de 1º a 4º, apenas sete (15%) foram ocupadas por seleções “novatas” nesse quesito, contra 41 ( 85%) ocupadas pelos mesmos de sempre.

Em somente três ocasiões, 1974 (Holanda), 1998 (França) e 2010 (Espanha), chegou à final uma seleção que nunca tinha sido finalista - em 2014, mais uma vez, não haverá novidade entre os finalistas. Ou seja, das 24 vagas nas finais das últimas 12 copas, apenas três (12%) foram ocupadas por estreantes neste aspecto, contra 21 (88%) que terão sido preenchidas pelos veteranos de toda a vida: até o momento, Brasil (4), Itália (4), Alemanha (5), Argentina (3), França (1), Holanda (2) - faltando ainda somar os números dos dois que serão os finalistas no Brasil.

E se considerarmos as seleções finalistas que nunca haviam terminado entre os 4 primeiros anteriormente, somente a Holanda em 1974 se enquadraria neste item. Uma em 24 finalistas - meros 4%.

Finalmente, em somente três vezes foi campeã uma seleção que nunca tinha levantado o título: 1978 - Argentina; 1998 - França; 2010 - Espanha. Três em 11 até o momento (27%). Considerando as campeãs que nunca tinham chegado a uma final, este número se reduz a somente duas (França - 1998 e Espanha - 2014). E ainda mais impressionante: todas as campeãs de 1970 até hoje já tinham terminado entre as quatro primeiras de algum mundial anterior.

E se considerarmos TODOS os mundiais (exceto o primeiro, por motivos óbvios), chegaremos a uma constatação ainda mais arrasadora: em somente duas ocasiões a seleção campeã nunca havia terminado anteriormente entre os quatro primeiros: A Itália, em 1934 (justamente o segundo mundial), e a Inglaterra, em 1966.

Camisa pesa mesmo. Roberto De Pinho, adiciona isso aí ao seu modelo para Rússia 2018.

Compartilhar: Estes são os ícones de sites de compartilhamento de notícias onde os leitores podem partilhar e descobrir novas páginas.
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Digg
  • Meneame
  • TwitThis
  • Facebook

Vote nesse texto:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5 out of 5)
Loading ... Loading ...

Como usar a Google Toolbar no Firefox 5

terça-feira, 19 de julho de 2011

Os usuários do Firefox 5 já perceberam que, ao fazerem a atualização do navegador, várias extensões deixaram de funcionar. Entre elas, a utilíssima Google Toolbar.

Este post (em inglês)  explica como forçar a execução da Google Toolbar no Firefox 5.

Compartilhar: Estes são os ícones de sites de compartilhamento de notícias onde os leitores podem partilhar e descobrir novas páginas.
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Digg
  • Meneame
  • TwitThis
  • Facebook

Vote nesse texto:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

ESPAÑISTÁN - La Burbuja Inmobiliaria a la Crisis by Aleix Saló

segunda-feira, 30 de maio de 2011

A crise espanhola finalmente explicada!

Compartilhar: Estes são os ícones de sites de compartilhamento de notícias onde os leitores podem partilhar e descobrir novas páginas.
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Digg
  • Meneame
  • TwitThis
  • Facebook

Vote nesse texto:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5 out of 5)
Loading ... Loading ...

S.H.I.T.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Em Terrassa, Espanha, encontraram uma sigla ótima para uma empresa que presta serviços de hotelaria: S.H.I.T. - Servicio de Hostelería Industrial de Terrassa (Serviço de Hotelaria Industrial de Terrassa).

Os seus fundadores não deviam saber que, em inglês, shit significa cocô:)

E se você acha que é brincadeira, clique aqui para navegar pela imagem diretamente no Google Street View.

S.H.I.T.

Compartilhar: Estes são os ícones de sites de compartilhamento de notícias onde os leitores podem partilhar e descobrir novas páginas.
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Digg
  • Meneame
  • TwitThis
  • Facebook

Vote nesse texto:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...